AP
AP

Enchentes provocam descarrilamento de dois trens, matando pelo menos 27 na Índia

Incidentes no Estado de Madhya Pradesh, no centro da Índia também deixaram 25 feridos; premiê diz que autoridades estão fazendo todo o possível para ajudar famílias das vítimas

O Estado de S. Paulo

05 de agosto de 2015 | 07h39

(Atualizada às 10h30) NOVA DÉLHI - Pelo menos 27 pessoas morreram e outras 25 ficaram feridas em enchentes provocada pelas chuvas que arrastaram dois trens perto da cidade de Harda, no estado de Madhya Pradesh, no centro da Índia, informaram nesta quarta-feira fontes oficiais.

O acidente ocorreu por volta das 23h30 de terça-feira (15h de Brasília) depois que dois trens foram arrastados por uma forte enchente após terem parado em uma ponte, disse o porta-voz de ferrovias, Alok Kumar.

Doze vagões do Kamayani Express, de Mumbai para Varanasi, descarrilaram próximo a Harda, no Estado de Madhya Pradesh, pouco antes da meia-noite. Seis vagões do Janata Express descarrilaram em horário próximo, informou o Ministério de Ferrovias.

Kumar acrescentou que foi possível confirmar que 12 dos mortos viajavam nos trens e ainda se investiga se os outros 15 corpos são também de passageiros ou de moradores da região carregados pela enchente.

Os feridos, nenhum com gravidade, foram transferidos a hospitais, enquanto 350 passageiros foram resgatados do local do acidente.

Por sua parte, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, escreveu em uma rede social que suas "orações estão com os feridos" e que "as autoridades estão fazendo todo o possível".

A rede ferroviária indiana é, com 65.000 quilômetros de extensão, a quarta mais longa do mundo, atrás de Estados Unidos, Rússia e China. Além disso, conta com 1,3 milhão de funcionários e 12.500 trens e transporta diariamente cerca de 23 milhões de passageiros.

Na última década foram registrados 1.522 acidentes ferroviários no país, nos quais morreram 2.331 pessoas.

As enchentes são frequentes no sudeste asiático na época de mais intensidade das chuvas de monção entre julho e agosto. / EFE e REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
Índiaenchentedescarrilamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.