AP
AP

Enciclopédia Britânica vai deixar de ter edição impressa

Empresa disse que o fim da edição impressa da enciclopédia de 32 volumes é a última etapa da transição para o mercado digital

AE, Agência Estado

14 de março de 2012 | 13h10

CHICAGO - A editora da Enciclopédia Britânica informou que vai deixar de publicar edições impressas e se concentrar na oferta de conteúdo digital. A Encyclopaedia Britannica Inc., sediada em Chicago, informou que pela primeira vez em 244 anos a enciclopédia não estará disponível na forma impressa. A primeira edição foi publicada em 1768, na Escócia.

A empresa disse que o fim da edição impressa da enciclopédia de 32 volumes é a última etapa da transição para o mercado digital e para a expansão de seus produtos educacionais.

O presidente da Encyclopaedia Britannica Inc., Jorge Cauz, relatou que o melhor ano da edição impressa foi 1990, quando 120 mil coleções foram vendidas. Os números caíram para 40 mil em 1996.

A última edição em capa dura da enciclopédia está disponível no site da Britannica por US$ 1.395.

 

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.