Encontradas três pessoas mortas em suposto suicídio grupal no Japão

Três pessoas - dois homens e uma mulher aparentando entre 20 e 30 anos - foram encontradas mortas dentro da cabine de um caminhão, em um caso aparente de suicídio em grupo do Japão, informou hoje a polícia. O trio, que ainda está sendo identificado, foi descoberto na cidade de Mitama, na província central de Yamanashi, 109 quilômetros a oeste de Tóquio.A polícia acredita que os três, que não apresentavam sinais de ferimentos externos, morreram intoxicados por monóxido de carbono. Dois fogareiros de carvão foram encontrados no banco traseiro do veículo e as janelas foram previamente seladas com fita adesiva do lado de dentro.O Japão vem sendo palco de uma série de pactos de suicídio nos últimos meses. Geralmente, os grupos que querem se matar organizam o suicídio através da internet. No início deste mês, três pessoas - duas mulheres, uma de 42 anos e a outra de 26, e um homem de 19 - foram encontradas mortos dentro de um carro parado num bosque remoto da província de Oita. Oito pessoas foram encontradas sem vida em dois incidentes distintos no mês passado, e pelo menos 13 pessoas foram descobertas mortas em circunstâncias similares em outubro. O número de suicídios no Japão bateu recorde no ano passado, ultrapassando 32.000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.