Encontrado corpo de passageiro do voo MH17

O corpo de um passageiro do voo MH17 da Malaysia Airlines foi encontrado usando uma máscara de oxigênio, informaram promotores alemães nesta quinta-feira. O passageiro, um australiano, não tinha não tinha a máscara no rosto, mas o elástico estava em seu pescoço, informou Wim De Bruin, porta-voz da Promotoria Nacional holandesa, que está coordenando a investigação criminal sobre o desastre aéreo.

Estadão Conteúdo

09 de outubro de 2014 | 14h34

De Bruin afirmou que especialistas forenses investigaram a máscara "para encontrar impressões digitais, saliva e DNA e não chegaram a nenhum resultado. Então não sabemos quando ou como essa máscara foi para o pescoço da vítima". Nenhum dos outros corpos encontrados estava usando máscaras. De Bruin afirmou que não sabe onde a vítima estava sentada no avião.

Todos os 298 passageiros e tripulação morreram quando a aeronave que voava de Amsterdã para Kuala Lumpur caiu em 17 de julho. Investigadores do desastre holandeses afirmaram no último mês que a causa provável foram "objetos altamente energéticos que atingiram a aeronave por fora", o que alguns especialistas em aviação consideram serem ataques de mísseis. O chefe da investigação criminal disse que o cenário mais provável é que o avião foi atingido por ataques vindos do chão.

O ministro de Relações Exteriores holandês, Frans Timmermans, publicou uma declaração afirmando que lamenta a situação. "Tenho uma enorme empatia pelos parentes", afirmou. "A última coisa que eu quero é agravar o sofrimento deles", completou. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
UcrâniaMalaysia Airlinesvítima

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.