Encontrado local do 1º milagre de Jesus

Arqueólogos israelenses garantem ter descoberto na Galiléia o local onde ficava Caná, aldeia na qual Jesus Cristo, segundo a Bíblia, teria realizado seu primeiro milagre, ao transformar água em vinho. Os arqueólogos, que trabalhavam em uma região conhecida hoje como Kfar Kana, na baixa Galiléia, encontraram estruturas de uma cidade judaica que existiu durante mais de 700 anos, disse a Direção Geral de Antigüidades de Israel. A descoberta inclui restos de um muro, com mais de um metro e meio de altura, que dataria das épocas helenística, romana e bizantina na Terra Santa. Pedras talhadas e utensílios caseiros fazem parte dos restos desenterrados, que estavam a uma profundidade de até dois metros. A arqueóloga Yardena Alexander, diretora das escavações, afirma que se trata dos restos da cidade de Caná (hoje, norte de Israel), povoado com fortes raízes judaicas e cristãs. De acordo com o relato do Evangelho de São João, Jesus, Maria e os discípulos haviam sido convidados para uma festa de casamento numa cidade chamada Caná da Galiléia. Em determinado momento da comemoração acabou o vinho. Jesus, informado pela mãe do problema, ordenou aos servos que enchessem jarros com água, que foi transformada.Aproximadamente cem anos depois, a aldeia de Caná voltaria a ganhar renome, desta vez entre os judeus. Foi nela que se assentou a família sacerdotal dos Eliashiv depois do fracasso da revolta de Bar Cosiba contra os romanos, entre 132 e 153 d.C.

Agencia Estado,

22 de dezembro de 2004 | 19h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.