Encontrado novo destroço que pode ter pertencido ao avião da Malaysia Airlines

Boeing 777 desapareceu no dia 8 de março de 2014, com 239 passageiros a bordo, quando seguia de Kuala Lumpur para Pequim

Estadão Conteúdo

02 de agosto de 2015 | 10h09

Outro pedaço de aeronave, que pode ter pertencido ao Boeing 777, do voo 370 da Malaysia Airlines, foi encontrado na ilha Réunion, território francês no Oceano Índico, neste domingo, 2, informou o Ministério dos Transportes da Malásia.

A porta de um avião é o segundo destroço encontrado na região e foi considerado uma grande "descoberta" pelos pesquisadores, já que pode conter informações importantes para a identificação da aeronave.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines desapareceu no dia 8 de março de 2014, com 239 passageiros a bordo, quando seguia de Kuala Lumpur para Pequim. No sábado, 1º, o pedaço de uma asa de avião, também encontrado na ilha Réunion, chegou a um laboratório perto de Toulouse, no sul da França, para passar por perícia. As informações são da Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
aviãomalaysia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.