Encontrado o corpo do 4º mineiro soterrado no Equador

O corpo do último mineiro que estava soterrado desde sexta-feira em jazida de ouro do Equador foi encontrado ontem, 20, por equipe de resgate. Ele estava a 150 metros de profundidade. Um pouco antes, os socorristas haviam encontrado o corpo do terceiro mineiro, elevando para quatro o número de mortos no acidente ocorrido na sexta-feira, 15. "Encontramos os dois mineiros mortos. O corpo de um deles estava nu, e o outro, semi-soterrado", afirmou Giorgy Ramírez, um dos trabalhadores que participaram das operações de resgate.

QUITO, 21 (AP - AE), Agência Estado

21 de outubro de 2010 | 02h40

Segundo ele, foi preciso a ação de dez homens para retirar do local os corpos de Pedro Mendoza, de 28 anos e de Angel Vera, de 29 anos. Vera, Mendoza e outros dois mineiros foram soterrados, no dia 15, no quinto nível da mina de ouro Casa Negra, na província de El Oro, ao sul do país, fronteira com o Peru. Um dia após o desmoronamento, foram encontrados os cadáveres do equatoriano Walter Vera, de 31 anos e chefe do grupo, e do peruano Paul Aguirre, de 21 anos, cujo cadáver já foi repatriado. Vera era irmão de Walter.

Todos trabalhavam para a empresa Minesadco. Esperava-se que os mineiros estivessem refugiados em área provida de oxigênio para quatro ou cinco dias. Hoje à tarde, o presidente equatoriano, Rafael Correa, visitou o local para solidarizar-se com os familiares das vítimas.

Quito (AP)

Tudo o que sabemos sobre:
Equadormineirossoterradosquartocorpo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.