Encontrados 50 cadáveres com sinais de tortura em Bagdá

Membros das forças de segurança iraquianasdescobriram nas últimas 24 horas os cadáveres de 50 pessoas com sinais de tortura, informou uma fonte do Ministério do Interior.Cinco corpos de jovens, com as mãosatadas e os olhos vendados e com impactos de bala na cabeça foram encontrados atrás de um armazém de produtos alimentícios no leste daCapital iraquiana. O restante dos corpos, a maioria também com sinais de tortura, foi descoberto em diferentes locais da cidade. Todas as vítimas foram executadas com disparos na cabeça realizados a curta distância. Fontes policiais disseram várias vezes que os milhares de cadáveres encontrados nos últimossete meses, em sua maioria em Bagdá, são conseqüência da violência sectária entre xiitas e sunitas, que aumentou desde fevereiro, quando um atentado destruiu a cúpula de um importantesantuário xiita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.