Encontrados 64 corpos com sinais de tortura em Bagdá

Corpos de 64 pessoas, em sua maioria comsinais de tortura, foram encontrados nas últimas 24 horas em diferentes bairros de Bagdá, informaram fontes policiais iraquianas. A polícia acredita que as pessoas tenham sido seqüestradas como parte do conflito sectário entre xiitas e sunitas no Iraque, antes de serem assassinadas por seus seqüestradores. Centenas de cadáveres, em sua maioria com sinais de tortura e impactos de balas em diferentes partes do corpo, têm sido encontrados noIraque desde o ataque de fevereiro a um mausoléu xiita na cidade de Samarra, ao norte de Bagdá. Matéria atualizada às 8h20

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.