Encontrados explosivos na Embaixada dos EUA em Beirute

Um libanês que carregava uma pasta cheia de explosivos, provavelmente destinada a um atentado suicida, foi preso do lado de fora da Embaixada dos Estados Unidos em Beirute, informam autoridades libanesas. O homem tentava entrar no edifício quando foi detido por soldados em um posto de segurança militar, a cerca de 500 metros das instalações diplomáticas.Os diplomatas americanos confirmam que um homem com um ?pacote suspeito? foi capturado tentando entrar na Embaixada. O suposto terrorista, identificado como Abed Mreish, transportava mais de um quilo de explosivos numa pequena pasta, disse um policial libanês sob condição de não ter o nome revelado.Em Washington, o Departamento de Estado informou, por meio do porta-voz Richard Boucher, que uma segunda pessoa, um taxista, também foi detida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.