Encontrados mais 12 corpos de imigrantes na Itália

Mergulhadores da polícia italiana, com a ajuda de barcos da Guarda Costeira, retiraram hoje 12 cadáveres do mar, elevando para pelo menos 27 o número de imigrantes ilegais - a maioria proveniente da Libéria - que morreram quando o barco que os transportava afundou na costa da Sicília no último final de semana.Segundo o comandante da Guarda Costeira, Giuseppe Rando, pescadores alertaram as autoridades depois de avistarem os corpos, que flutuavam a cerca de 150 metros de onde o barco afundou, no domingo, em frente à cidade de Agrigento.O 12º corpo foi retirado da água minutos antes do término das buscas devido ao anoitecer. Os trabalhos serão retomados amanhã cedo. Noventa e duas pessoas foram salvas da tragédia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.