Encontrados mais dez corpos de vítimas de violência em Bagdá

A polícia iraquiana encontrou os corpos de10 pessoas com marcas de tiros e sinais de tortura no oeste de Bagdá, informaram fontes policiais. Os cadáveres, todos com os olhos vendados e as mãos atadas às costas, estavam atrás de uma escola em al-Turar, no bairro de al-Baya, cujos habitantes são em sua maioria xiitas. Mais de 90 pessoas morreram na segunda-feira no Iraque, entre elas pelo menos 20 homens das forças de segurança e cerca de 50 milicianos xiitas, em confrontos em Diwaniya, 200 quilômetros ao sulda capital, segundo as fontes iraquianas. O Exército americano anunciou em comunicado a morte de um de seus soldados em combate, no domingo, na província de al-Anba, nooeste do país, reduto da insurgência sunita. Outros oito soldados norte-americanos morreram também no Domingo em Bagdá, segundo o comando militar americano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.