Encontrados oito corpos com sinais de tortura em Bagdá

A polícia iraquiana encontrou nesta sexta-feira oito corpos, sete deles com marcas de tiros e um que teria sido estrangulado, em diferentes partes de Bagdá, informaram fontes policiais.O coronel da polícia Saad Abdel Rahman explicou que os corpos, todos com sinais de tortura e de identidade desconhecida, foram levados para o depósito central, no hospital Al Adli, em Bagdá.Segundo a fonte, três corpos foram encontrados em um canal no sudeste da capital, enquanto outro foi achado na zona da ponte de Diali.Dois dos corpos foram descobertos no bairro de Al Dura, no sul de Bagdá, e outros dois em uma estrada entre as localidades de Taji e Kadimiya, no noroeste da capital, acrescentou Rahman.Dezenas de cadáveres, na maioria com sinais de tortura e de identidade desconhecida, foram encontrados em diferentes partes do Iraque desde um ataque contra o templo de Samarra, em 22 de fevereiro, mausoléu importante para a comunidade xiita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.