Encontro da família Charles Lindberg com os filhos ilegítimos

Os descendentes americanos de Charles Lindberg encontraram-se hoje com três irmãos alemães que alegam também ser filhos do famoso aviador. O encontro aconteceu na Europa e foi tranqüilo, segundo Anton Schwnk, porta-voz de Dyrk e David Hesshaimer e a irmã deles, Astrid Bouteuil.?Não foi como se eles nunca tivessem se visto em 40 anos. Eles não demoraram em fazer amizade?, garantiu Schwenk, que não quis dar muitos detalhes ?a pedido da família americana.? O porta-voz esclareceu que os Dyrk, David e Astrid já fizeram exame de DNA para provar sua origem, mas os resultados ainda não estão prontos.Desde o meio do ano, os três irmãos alemães tem sido mais insistentes em sua reivindicação de parentesco com Charles Lindberg, oferecendo como evidência uma coleção de 112 cartas que, eles dizem, o aviador escreveu à mãe deles, Brigitte Hesshaimer. Eles disseram, também, que não querem dinheiro, apenas o reconhecimento de que Lindberg era seu pai.A família Lindberg nos Estados Unidos até agora tem-se recusado a comentar a reivindicação.O vôo solitário de Charles Lindberg cruzando o Atlântico, em 1927, fez dele um celebridade mundial. Ele casou-se com Anne Morrow em 1929 e tiveram seis filhos. Em 1932, o primeiro foi seqüestrado e assassinado.O casamento durou até a morte de Lindberg, em 1974, mas durante as últimas décadas de sua vida, ele viajou o mundo, raramente visitando sua casa e família em Connecticut. Anne Morrow morreu em 2001, assim como Brigitte Hesshaimer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.