Encontro na Europa visa construção de estado palestino

A secretária de Estado americana, Condollezza Rice, disse nesta quinta-feira que israelenses e palestinos encorajaram o progresso de um processo de paz no Oriente Médio.Antes do encontro com Condoleezza para discutir a criação de um estado palestino que possa pacificar a região do Oriente Médio, a líder alemã, Angela Merkel, disse que a Europa está ansiosa para ajudar."Não há dúvida de que um acordo de paz traria um efeito positivo a toda a região", afirmou Condoleezza. "Creio que toda a região procura caminhos para a implementação do estado palestino".Merkel, que havia pedido aos EUA para redobrar esforços sobre a processo de paz, disse estar "muito satisfeita pela movimentação americana para o acordo de paz entre israelenses e palestinos".Na visita à Berlim, líderes britânicos e alemães parecem dispostos a se esforçarem para que a implementação do estado palestino no Oriente Médio seja realizada. A Rússia também participará da reunião e está aberta a auxiliar nas decisões da comunidade européiaQuarteto da pazA secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice, disse nesta quinta-feira que o chamado "quarteto" de negociadores de paz do Oriente Médio irá provavelmente se encontrar em Washington no dia 2 de fevereiro. Estados Unidos, União Européia (UE), Organização das Nações Unidas (ONU) e Rússia formam o quarteto. Vários países querem que o grupo tenha uma participação maior nos esforços de paz da região. Rice, que está em Berlim para discutir assuntos que incluem o processo de paz no Oriente Médio, afirmou na quarta-feira que a reunião do quarteto poderia preparar o caminho para conversas entre os líderes israelenses e palestinos. Nas próximas semanas, Rice planeja reunir o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, e o presidente palestino, Mahmoud Abbas, para conversas informais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.