Endividado, uruguaio se mata no Congresso

Um homem não identificado entrou no edifício anexo ao Palácio Legislativo do Uruguai, em Montevidéu, e disparou um tiro contra a cabeça, morrendo na hora, segundo matéria publicada no site do jornal El Observador. De acordo com o site, o homem, que tinha muitas dívidas, portava uma escopeta e, mesmo assim, conseguiu despistar a segurança do prédio. O corpo foi encontrado por funcionários dentro de um banheiro do edifício. O suicídio ocorreu na noite de sábado. A matéria afirma que o homem chegou ao palácio em busca de uma solução para uma dívida de US$ 45.000. Devedores em dólares enfrentam problemas financeiros principalmente depois de 20 de junho, quando o governo mudou o sistema de câmbio de bandas para a livre flutuação da moeda norte-americana, o que causou uma grande desvalorização do peso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.