Enfermeira que sofreu trote no hospital de Kate é encontrada morta

Casal real se diz 'profundamente entristecido' com morte de mulher que caiu em brincadeira de rádio australiana.

BBC Brasil, BBC

07 de dezembro de 2012 | 15h03

Uma enfermeira que foi vítima de um trote quando a duquesa de Cambridge, Kate Middleton, estava internada no hospital de Londres onde ela trabalhava foi encontrada morta nesta sexta-feira.

O príncipe William e sua mulher disseram em um comunicado que estão profundamente entristecidos com a morte da enfermeira Jacintha Saldanha.

A polícia foi chamada às 9h35 (7h35 de Brasília) por testemunhas que encontraram a mulher inconsciente na região central de Londres.

Na madrugada da última quarta-feira, Saldanha atendeu a uma ligação de dois radialistas da Austrália que diziam ser a rainha Elizabeth 2ª e o príncipe Charles.

Sem saber que tratava-se de um trote da emissora 2Day FM, de Sydney, a enfermeira revelou detalhes do estado médico de Kate.

Jacintha Saldanha, que era casada e tinha dois filhos, atendeu o telefonema porque no horário da ligação, às 5h30 locais (3h30 de Brasília), não havia telefonistas no hospital.

A BBC apurou que Saldanha não foi suspensa ou alvo de processo disciplinar no hospital por ter sido enganada pelos autores do trote.

"Confirmamos que Jacintha recentemente foi vítima de um trote para o hospital", afirmaram em um comunicado os administradores do hospital. "O hospital a estava apoiando durante este período difícil."

"Jacintha trabalhou no hospital King Edward VII por mais de quatro anos", acrescentaram. "Ela era uma enfermeira excelente, respeitada e popular entre os colegas."

A Scotland Yard afirmou que o caso não está sendo tratado como morte suspeita.

Kate Middleton foi internada no hospital na última segunda-feira, devido a enjoos agudos ligados à gravidez, e recebeu alta na quinta-feira. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.