Enforcados três envolvidos em ataque

Autoridades iranianas enforcaram ontem, em público, três sunitas acusados de envolvimento no atentado de quinta-feira na mais importante mesquita xiita da cidade de Zahedan, na fronteira entre Irã, Afeganistão e Paquistão. O ataque, o pior dos últimos 15 anos no Irã, deixou ao menos 30 mortos. Os três haviam sido presos antes do atentado, mas teriam confessado ter importado os explosivos usados no ataque, reivindicado por um grupo sunita ligado à Al-Qaeda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.