Enfrentamento com a polícia mata 14 maoístas na Índia

Autoridades recolheram os corpos dos insurgentes junto a vários fuzis AK-47

Efe,

18 de março de 2008 | 06h39

Pelo menos 14 guerrilheiros maoístas morreram nesta terça-feira, 18, em um enfrentamento com a Polícia na região centro-oriental indiana de Chattisgarh, informou uma fonte policial. O incidente ocorreu no conflituoso distrito de Bijapur, e as autoridades recolheram os corpos dos insurgentes junto a vários fuzis AK-47, segundo a agência indiana Ians. Participaram da operação forças das regiões de Chattisgarh e de Andhra Pradesh, que faz fronteira com o distrito onde aconteceu o combate. O movimento maoísta está presente em pelo menos 12 regiões do país, sobretudo em uma faixa de 100.000 metros quadrados que vai do norte ao sul pelo leste da Índia. Em dezembro de 2007, a violência maoísta foi qualificada pelo primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, como "o maior desafio para a segurança da Índia".

Tudo o que sabemos sobre:
Índiamaoísta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.