Engano das forças dos EUA provoca morte de oito iraquianos

Um engano das forças norte-americanas provocou a morte de oito policiais iraquianos e deixou cerca de sete feridos nesta manhã, na cidade de Fallujah, a 50 quilômetros de Bagdá. Em um outro incidente, dois soldados norte-americanos foram mortos e sete ficaram feridos em uma emboscada. No tiroteio em Fallujah, 25 policiais iraquianos em três veículos - duas picapes e um veículo sedã - estavam perseguindo um BMW branco que dirigido por bandidos em uma estrada local. Como a perseguição se aproximou do Hospital Jordaniano, no Leste da cidade de Fallujah, as forças norte-americanas de plantão no local começaram a atirar contra a picape e o sedã, temendo que os carros estivessem se aproximando para lançarem um ataque ao hospital. Segundo o médico Dial Jumaili, que atendia no hospital e foi chamado para atender as vítimas, oito policiais iraquianos morreram, enquanto outros dois ficaram gravemente feridos e foram transportados para o hospital da cidade. Outras cinco pessoas também foram atingidas por tiros, incluindo um guarda do Hospital Jordaniano. As forças militares norte-americanas não deram informações sobre o incidente em Fallujah. Ainda nessa manhã uma emboscada em Ramadi, a 50 quilômetros de Fallujah deixou dois soldados norte-americanos mortes e sete feridos, segundo informações das forças militares norte-americanas, que não deram mais detalhes. As informações são das agências internacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.