Rick D'Elia/EFE/EPA
Rick D'Elia/EFE/EPA

Entenda quais são as regras para a recontagem de votos nos Estados em disputa nos EUA

Margens estreitas podem abrir a possibilidade de contestação de resultados

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de novembro de 2020 | 19h28

Com os votos ainda sendo computados em vários Estados americanos nesta quinta-feira, 5, o resultado das eleições está perto de ser anunciado. Embora o candidato democrata Joe Biden lidere a corrida presidencial, margens estreitas podem abrir a possibilidade de recontagem de votos em diversos Estados.

Entenda como funciona o processo em alguns deles:

Arizona

No Arizona, a lei estadual exige uma recontagem quando a margem entre os dois principais candidatos for igual ou inferior a um décimo de 1 por cento do número total de votos expressos. A secretária de Estado Katie Hobbs, democrata, disse à ABC News na manhã de quinta-feira que ela não previa que uma recontagem seria necessária. “Nossas margens de recontagem são muito estreitas”, disse. “Não acho que vamos chegar a esse território.” Biden lidera no Estado.

Geórgia

Segundo a lei da Geórgia, um candidato pode solicitar uma recontagem se a margem for inferior a 1% dos votos expressos. Essa solicitação deve ser feita dentro de dois dias após a certificação dos resultados.

Na quinta-feira, Trump teve uma vantagem de aproximadamente 13 mil votos em mais de 4,8 milhões de cédulas apuradas. Estima-se que 97% dos votos expressos foram computados.

Michigan

A lei estadual exige que uma recontagem seja realizada automaticamente se a margem entre dois candidatos for de 2 mil votos ou menos. Um candidato também pode solicitar uma recontagem se alegar fraude ou erro e “teria uma chance razoável de vencer a eleição”. A petição deve ser apresentada dentro de 48 horas após a conclusão da contagem. Projeções indicam que Biden venceu no Estado.

Nevada

Em Nevada, o perdedor da eleição pode solicitar uma recontagem dentro de três dias úteis da última votação, independentemente da margem - mas eles devem estar dispostos a fazer um depósito para cobrir o custo estimado da recontagem.

Se o candidato que solicita a recontagem acabar ganhando a corrida após a recontagem, aquele depósito será devolvido. Mas se a recontagem mostrar que ele realmente perdeu a eleição, então eles terão que pagar a conta.

Biden liderou por cerca de 11.500 dos mais de 1,1 milhão de votos contados até quinta-feira. Cerca de 89 por cento das cédulas foram contadas.

Pensilvânia

A secretária de Estado da Pensilvânia, Kathy Boockvar, é obrigada por lei a ordenar uma recontagem se a margem for de 0,5% ou menos. A recontagem deverá ser solicitada até as 17 horas do dia 12 de novembro e concluída em 24 de novembro.

Uma recontagem também pode ser acionada em cada condado se solicitada por três eleitores.

Trump estava à frente por cerca de 109 mil dos mais de 6,4 milhões de votos contados na quinta-feira. Cerca de 92% por cento dos votos foram contados.

Wisconsin

Segundo a lei estadual, um candidato pode solicitar uma recontagem se a margem for inferior a 1 por cento. A solicitação deve ser feita até às 17h no primeiro dia útil após o Estado ter recebido os resultados finais dos condados. Segundo projeções, Biden venceu no Estado. /WP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.