Entidade confirma libertação de mais reféns das Farc

Um vereador e um fuzileiro naval, mantidos reféns pela guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), foram libertados hoje, confirmou o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV).

AE, Agência Estado

11 de fevereiro de 2011 | 19h16

O Comitê comunicou que o vereador Armando Acuña, de 48 anos, do município de Garzón, no departamento (Estado) de Huila, e que o fuzileiro naval Henry López Martínez, de 24 anos, foram entregues à comissão humanitária chefiada pela ex-senadora Piedad Córdoba, que os resgatou em um ponto na selva colombiana.

O helicóptero brasileiro emprestado para a missão humanitária, após ter resgatado os reféns, viaja para o Aeroporto de Florencia, no departamento da Caquetá, 380 quilômetros ao sudoeste da capital colombiana. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
FarcCruz VermelharefénsColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.