Entrevistas teriam sido negociadas por até US$ 25 mil

Assim como já tinham aparecido em dias anteriores, boatos que circulavam ontem em Copiapó sugeriam que grandes veículos de comunicação de vários países do mundo teriam negociado entrevistas exclusivas com os mineiros e seus parentes por valores que variavam de entre US$ 10 mil a US$ 25 mil.

Patrícia Campos Mello ENVIADA ESPECIAL COPIAPÓ, CHILE, O Estado de S.Paulo

15 de outubro de 2010 | 00h00

Isso, ainda de acordo com os rumores, explicaria o fato de quase todos os parentes e mineiros estarem se recusando a dar entrevistas mais longas para os demais veículos.

Durante a operação de retirada dos 33 mineiros, um número estimado de 1.500 jornalistas, de vários países, acompanhavam os trabalhos na área da mina San José.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.