Enviado americano chega a Seul para tratar de crise nuclear

O negociador americano para a Coréia doNorte, Christopher Hill, chegou neste sábado a Seul para retomar os contatosmultilaterais sobre o programa nuclear norte-coreano. Nesta viagem de três dias, Hill se reunirá com seu colega daCoréia do Sul, Chun Young-woo, e com o ministro de AssuntosExteriores do país, Song Min-soon. Em sua chegada a Seul, o negociador americano pediu à Coréia doNorte que adote "medidas reais" quanto ao abandono de suas ambiçõesnucleares. Além disso, disse esperar que haja avanços na reunião dePequim, informou a agência local Yonhap. "Não vou entrar para falar de coisas específicas, mas acho queprecisamos ver algumas mudanças reais sobre o terreno", declarouHill. Como já tinha feito em Washington antes de partir, em Seul, Hillvoltou a mostrar seu otimismo com a retomada do diálogo nuclear edestacou que há "razões para pensar que haverá avanços". Hill viajará segunda-feira para Tóquio, onde se reunirá com asautoridades japonesas. Depois, no dia 7, seguirá paraPequim, onde participará das negociações junto com representantesdas duas Coréias, do Japão, da Rússia e da China. O governo sul-coreano ressaltou que a meta dos contatosmultilaterais é o desmantelamento total do programa nuclear do paíscomunista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.