Enviado da ONU à Síria apoia proposta por diálogo

O enviado internacional da ONU e da Liga Árabe à Síria, Lakhdar Brahimi, apoia o pedido da oposição por um diálogo enquanto os combates entre rebeldes e tropas do governo se agrava em pelo menos três províncias. Brahimi afirmou que a proposta de Mouaz al-Khatib, presidente da coalizão oposicionista, abriu as portas para o diálogo e desafia o governo a provar que está pronto para um acordo de paz, como vem dizendo.

AE, Agência Estado

17 de fevereiro de 2013 | 13h21

Brahimi falou a jornalistas neste domingo, depois de conversar com o líder da Liga Árabe, Nabil Elaraby, no Cairo, Egito. Enquanto isso, um grupo de direitos humanos com sede na Inglaterra informou que pelo menos seis rebeldes foram mortos em conflitos com o exército no subúrbio da capital Damasco, na província de Hama e na cidade de Daraa. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaONUdiálogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.