Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Enviado da ONU visita Prêmio Nobel em Mianmá

O enviado especial das Nações Unidas (ONU) , Razali Ismail, se encontrou com a dissidente Aung San Suu Kyi antes de deixar Mianmá (antiga Birmânia), na manhã desta terça-feira. Ismail, que tentava uma autorização para visitar Suu Kyi, desde sua chegada a Yangun, na sexta-feira, foi autorizado por um alto funcionário do governo. A permissão acontece um dia após os Estados Unidos ameaçarem endurecer as sanções econômicas ao país. Depois da visita, que durou uma hora, Ismail disse que conversou com Suu Kyi e confirmou que ela não está ferida. O enviado da ONU disse à dissidente que a comunidade internacional e as Nações Unidas estão preocupados com sua situação e atentos aos desdobramentos do impasse.Suu Kyi, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, desapareceu na última quinta após confrontos entre seus partidários e militares do governo no norte de Mianmá. Quatro pessoas morreram e 50 ficaram feridas. As autoridades locais afirmaram que Suu Kyi está sob custódia em um lugar secreto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.