Enviado diz que Irã é importante para negociar paz

O enviado da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Liga Árabe para a Síria, Lakhdar Brahimi, disse neste sábado, no Teerã, que a participação do Irã nas negociações de paz internacionais acerca do conflito era "necessária", segundo informou a agência de notícias Mehr. "Acreditamos que a participação do Irã em Genebra é natural e necessária", disse ele em coletiva à imprensa, após reunião com o ministro das Relações Exteriores do Irã Javad Zarif.

Agência Estado

26 de outubro de 2013 | 15h04

Mas ele ressaltou que ainda não foram enviados convites para a conferência internacional de paz que a ONU pretende organizar no fim de novembro. Já Zarif disse que "se o Irã for convidado para participar da reunião em Genebra, estaremos lá para ajudar a encontrar uma solução diplomática".

Brahimi está fazendo uma turnê regional para angariar apoio na preparação para a conferência, que já foi adiada várias vezes. Ele já visitou Turquia , Jordânia, Iraque, Egito, Kuwait , Omã e Qatar para tentar conseguir apoio para negociar o fim do conflito de 31 meses na Síria.

A guerra já matou mais de 115 mil pessoas desde a sua eclosão, em março de 2011, quando a repressão do governo aos protestos pacíficos se transformou em guerra civil. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
SÍRIAIRÃONUCONFERÊNCIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.