Enviado dos EUA ao Oriente Médio deve renunciar

Funcionários do governo dos Estados Unidos informaram que o enviado especial de Barack Obama para o Oriente Médio, George Mitchell, vai renunciar, após mais de dois anos de tentativas infrutíferas de fazer com que Israel e palestinos mantenham negociações de paz. As fontes disseram que a Casa Branca deve anunciar a renúncia nesta tarde. Mitchell, que foi senador e participou das negociações do acordo de paz na Irlanda do Norte, vai deixar o cargo por razões pessoais. As fontes falaram em condição da anonimato.

AE, Agência Estado

13 de maio de 2011 | 13h27

Mitchell, de 77 anos, passou a maior parte dos últimos dois anos negociando com israelenses e palestinos numa tentativa de reiniciar as conversações de paz. Mas nos últimos meses ele sofreu vários reveses, à medida que os dois lados se distanciaram. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAGeorge Mitchellrenúncia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.