Enviado dos EUA encontra-se com Arafat

O enviado norte-americano Anthony Zinni encontrou-se com Yasser Arafat nesta sexta-feira no quartel-general onde o líder palestino está confinado há uma semana. Zinni é a primeira visita oficial recebida por Arafat desde que Israel cercou o complexo onde encontra-se o líder. Jornalistas não puderam acompanhar o encontro. Os soldados israelenses atiraram gás lacrimogênio e ameaçaram com granadas um grupo de 30 repórteres que aproximaram-se do complexo.Anthony Zinni e Arafat disseram que haverá mais reuniões entre norte-americanos e palestinos no fim do dia de hoje e que Arafat estará presente nelas. Zinni e Arafat se reuniram por cerca de uma hora e meia, disse o conselheiro de Arafat, Nabil Abu Rdeneh, e conversaram sobre seus esforços para declarar um cessar-fogo. O ministro da Defesa de Israel, Binyamin Ben-Eliezer, disse: "Continuaremos a operação que começamos." O representante de Arafat, Mahmoud Abbas, disse que o líder palestino disse ao enviado norte-americano que os palestinos apóiam o acordo de cessar-fogo negociado no ano passado pelo chefe da CIA, George Tenet. Os israelenses e os palestinos não conseguiram até agora decidir sobre um cronograma para a implementação do acordo. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.