Enviado dos EUA vai a Pyongyang discutir programa nuclear

Diplomata americano desembarca na Coreia do Norte no domingo para iniciar discussões bilaterais

Efe,

04 de dezembro de 2009 | 08h30

O representante especial dos EUA para a Coreia do Norte, o diplomata Stephen Bosworth, chega no próximo domingo a Seul para coordenar o diálogo entre os dois países da península coreana antes de iniciar sua visita a Pyongyang no dia 8 deste mês, informa nesta sexta-feira, 4, a agência sul-coreana Yonhap.

 

Em Seul, Bosworth se reunirá na segunda-feira com o mais importante negociador sul-coreano no diálogo nuclear, Wi Sung-lac, entre outras autoridades. No dia seguinte, ele partirá para Pyongyang, em um voo que sairá de uma base aérea militar próxima à capital sul-coreana. Bosworth deverá ficar por três dias na Coreia do Norte, onde deverá se encontrar com o vice-ministro de Relações Exteriores do país, Kang Sok-ju.

 

Para os Estados Unidos, o diálogo entre Pyongyang e Washington é um passo fundamental para a volta do regime comunista norte-coreano a uma discussão multilateral sobre seu desarmamento, da qual participam também a Coreia do Sul, o Japão, a China e a Rússia.

 

Bosworth deverá retornar a Seul na próxima quinta-feira para falar com autoridades locais sobre o resultado de sua viagem à Coreia do Norte. Depois, ele fará visitas aos outros países que debatem a questão antes de voltar aos EUA, no dia 15 deste mês.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do NorteEUAprograma nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.