Enviado dos EUA visita Paquistão e conversa com Bhutto

John Negroponte quer pressionar país aliado a suspender estado de exceção e realizar eleições livres

Sue Pleming, da Reuters,

16 de novembro de 2007 | 19h47

O vice-secretário de Estado norte-americano, John Negroponte, em visita ao Paquistão, conversou nesta sexta-feira, 16, por telefone com a líder de oposição Benazir Bhutto, informou o Departamento de Estado. "Ele reiterou ... a importância de que forças moderadas trabalhem juntas no Paquistão por um futuro e também para colocar o Paquistão outra vez sob vigor constitucional", disse o porta-voz do Departamento de Estado Sean McCormack sobre a conversa de Negroponte com Bhutto. "Ele queria ouvir dela um pouco sobre como vê a situação política no Paquistão", disse McCormack a repórteres. Negroponte, a mais alta autoridade dos Estados Unidos a visitar o Paquistão desde que foi decretado o estado de exceção, pretende pressionar o país aliado a suspender a medida e realizar eleições livres e justas. Ele deve se reunir com o presidente Pervez Musharraf, bem como com outras autoridades e políticos de oposição, durante a viagem. Entretanto, não deve se reunir pessoalmente com Bhutto, que deixou a prisão domiciliar na quinta-feira, disse McCormack.

Tudo o que sabemos sobre:
BhuttoNegroponte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.