Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Epidemia de Sars já passou do ápice, diz OMS

A epidemia de Sars (sigla em inglês para Síndrome Respiratória Aguda e Severa) já atingiu o seu ápice em todo o mundo, de acordo com um importante funcionário da Organização Mundial da Saúde (OMS). "Podemos dizer que a epidemia de Sars já ultrapassou a fase de pico. Podemos ver isso globalmente, assim como na China", afirmou o representante da OMS para a China, Henk Bekedam.As declarações foram concedidas nesta quinta-feira, no segundo dia consecutivo sem que novos casos da pneumonia atípica fossem registrados oficialmente na Ásia. Apesar disso, as autoridades chinesas anunciaram mais duas mortes em decorrência do vírus, elevando para 336 o número de pessoas mortas pela doença no país. Outra morte foi registrada em Hong Kong.Bekedam fez um chamado às autoridades da área da saúde de todo mundo a continuar atentas contra a doença. Ele citou como exemplo o caso do Canadá, que após ter aparentemente se livrado da Sars, enfrenta uma segunda onda de infecções. "Creio que o desafio agora é eliminar a Sars como uma ameaça à saúde pública", disse o funcionário da OMS.Bekedam afirmou que o aparente declínio da epidemia na China é resultado dos esforços do governo, que passou a monitorar com rigor as estações de ônibus e de trem, além de utilizar clínicas para diagnosticar possíveis casos. Pessoas que deixam áreas afetadas em direção a províncias rurais chinesas têm sido mantidas em quarentena por duas semanas, outra medida que tem impedido que a epidemia se alastre.As informações são do site da BBC em português. Para ler o noticiário da BBC, que é parceira do estadao.com.br, clique aqui.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.