Equador convoca eleições gerais para abril de 2009

A Comissão Eleitoral do Equador convocou para 26 de abril as eleições gerais a serem realizadas no país. O anúncio oficial da data do pleito foi feito ontem à noite pelo presidente da entidade, Eduardo Simon. Na votação, os equatorianos escolherão presidente, vice-presidente, congressistas, membros do Parlamento das comunidades andinas e outras autoridades locais. Os candidatos concorrerão ao todo a 5.964 cargos eletivos.Com o índice de aprovação a seu governo girando em torno de 70%, segundo pesquisas de opinião, o presidente Rafael Correa é apontado como favorito na votação para governante do país.Em setembro último, os eleitores equatorianos aprovaram uma nova constituição que dá ao Estado mais poder sobre a economia. A nova Carta magna permite que Correa concorra em 2009 e, caso vença, busque a reeleição em 2013. Correa, de 45 anos, já anunciou que pretende concorrer à presidência no ano que vem. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.