Equador deporta narcotraficante colombiano

Juan Carlos Calle Serna, um narcotraficante colombiano capturado em Quito, no Equador, foi deportado hoje, mas ainda não admitiu sua relação com seus dois irmãos mais velhos, os "Comba", que estão entre os traficantes mais procurados do país.

AE-AP, Agência Estado

18 de março de 2012 | 15h18

Calle Serna, de 42 anos, o irmão mais novo dos três, tem sido "uma pessoa fechada", disse o general Luis Alberto Pérez, diretor da polícia antidrogas colombiana. No entanto, o criminoso mantinha contatos frequentes com seus dois irmãos, Luis Enrique e Javier Antonio Calle Serna, conhecidos por "Comba" ou "Combatientes", que fizeram parte de um cartel desarticulado de drogas de Norte del Valle.

O irmão mais novo, que usava o nome de Armando, foi capturado na sexta-feira em Quito, onde estava radicado desde 2007, disfarçado de investidor do setor têxtil. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EquadorColômbiaNarcotráfico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.