Equador e Colômbia vão retomar contatos diplomáticos

Autoridades equatorianas declararam-se hoje prontas para retomar os contatos diplomáticos com a Colômbia, um ano e meio depois de Bogotá ter promovido uma incursão no Equador para atacar um suposto acampamento rebelde perto da fronteira. O ministro das Relações Exteriores do Equador, Fander Falconi, disse hoje a jornalistas que se reunirá com o chanceler colombiano, Jaime Bermúdez, no dia 22, em Nova York, às margens da reunião anual da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

AE-AP, Agencia Estado

14 de setembro de 2009 | 18h38

Esta é a primeira vez que os dois países anunciam uma data para o restabelecimento das relações bilaterais de alto nível desde 3 de março de 2003. Na ocasião, Quito rompeu relações com Bogotá dois dias depois de um bombardeio contra o que seria um acampamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) no lado equatoriano da fronteira entre os dois países. Vinte e cinco pessoas morreram na incursão, inclusive um integrante do alto escalão das Farc.

Tudo o que sabemos sobre:
EquadorColômbiarelaçõesdiplomacia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.