Equador oferece combustível barato para atrair voos

O presidente do Equador, Rafael Correa, está oferecendo uma tentação para as companhias aéreas disponibilizarem voos para o país: combustível barato. Correa afirmou que o seu governo concederá 40% de desconto nos preços do combustível para empresas que oferecerem rotas diretas de e para cidades como Los Angeles (EUA), Vancouver (Canadá), Frankfurt (Alemanha) ou Roma (Itália).

AE-AP, Agência Estado

18 de agosto de 2012 | 17h02

Em seu pronunciamento semanal neste sábado, o presidente disse que o benefício vai vigorar por cinco anos e será válido para companhias que realizarem pelo menos três voos por semana. Mas Correa não deu mais detalhes sobre a proposta.

O presidente equatoriano declarou que tem o objetivo de estimular as conexões, a produtividade, o turismo e a educação no país. Entre as principais atrações turísticas do Equador estão as Ilhas de Galápagos, suas florestas tropicais, além de cidades pitorescas como Quito e Cuenca.

Tudo o que sabemos sobre:
Equadorvoos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.