Equador procura acordo de governabilidade entre os poderes

O Governo do Equador anunciou nesta sexta-feira que procura um acordo de governabilidade entre todos os poderes do Estado para superar a tensão política no país."É importante chegarmos a um acordo mínimo de governabilidade", disse o ministro de Governo (Interior), Gustavo Larrea, à rede de televisão "Ecuavisa".O ministro admitiu que existe uma tensão entre o Congresso e o Tribunal Supremo Eleitoral (TSE), desde que a maioria dos deputados da oposição resolveu "substituir" o presidente do órgão, Jorge Acosta.Acosta, apoiado pela maioria dos vogais do TSE, destituiu 57 dos 100 deputados do Congresso, por terem "interferido" no processo. O Governo, que apóia a atuação do TSE, pediu aos congressistas destituídos que aceitem a punição e deixem seus suplentes tomarem posse no Congresso, que não se reúne há duas semanas."Pedimos ao Parlamento que abra um diálogo com o Executivo" para buscar medidas que permitam resolver a situação, disse Larrea, defendendo uma "saída institucional e democrática" para a tensão política.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.