Equipe americana supervisiona avião na China

Técnicos civis dos Estados Unidospermaneceram hoje durante quatro horas a bordo do avião dereconhecimento da Marinha na ilha chinesa de Hainan a fim decomeçar a determinar a extensão dos danos do aparelho,informaram oficiais do Pentágono. Os técnicos da Lockheed Martin Corp., fabricante do aviãoEP-3E Aries II, tiveram permissão de entrar no aparelho nocomeço da tarde (horário local), disse o porta-voz do Pentágono,Bryan Whitman. Ele planejavam voltar para um segundo dia detrabalhos amanhã. O secretário de Defesa Donald H. Rumsfeld afirmou arepórteres que ainda não dava para dizer se o aparelho poderáser reparado e voar de volta para os EUA ou terá de serdesmontado e retornar de navio ou avião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.