Equipe de busca indonésia suspende cauda de avião da AirAsia

Equipes de busca e resgate indonésias suspenderam à superfície neste sábado a cauda do jato de passageiros da AirAsia que caiu há duas semanas com perda de todas as 162 pessoas à bordo, e em breve revistará os destroços em busca dos registros de voo.

REUTERS

10 de janeiro de 2015 | 09h09

O voo perdeu contato com o controle de tráfego aéreo durante clima ruim em 28 de dezembro, a menos de metade do percurso de duas horas de Indonésia a Cingapura. Não houve sobreviventes.

Quarenta e oito corpos, incluindo pelo menos dois presos a seus assentos, foram encontrados no mar de Java, perto de Bornéu.

Equipes de busca e resgate detectaram sinais que avaliaram pertencer aos gravadores de voo na sexta-feira, e duas equipes de mergulhadores retomaram a caçada pouco após o amanhecer neste sábado.

A cauda do Airbus A320-200 foi encontrada na quarta-feira, no leito do ocenano a cerca de 30 quilômetros da última localização conhecida do avião, a 30 metros de profundidade.

A cauda foi suspensa à superfície com a ajuda de air bags.

Tudo o que sabemos sobre:
INDONESIAAVIAOCAUDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.