Equipe diz ter achado monumento gêmeo de Stonehenge

Cientistas que vasculhavam a área ao redor de Stonehenge informaram hoje que descobriram uma outra estrutura circular, apenas a algumas centenas de metros do famoso monumento localizado na Inglaterra. Existe algum debate sobre o que foi exatamente encontrado.

AE-AP, Agência Estado

22 de julho de 2010 | 19h43

A equipe que descobriu a estrutura disse que ela poderia ser formada por postes de madeira, em uma versão circular com material diferente do monumento em pedra. Mas Tim Darvill, professor de arqueologia na Universidade Bournemouth, no sul da Inglaterra, demonstrou ceticismo, ao dizer acreditar que o sítio arqueológico parece mais uma tumba pré-histórica.

Segundo Darvill, o círculo é uma das descobertas feitas ao redor de Stonehenge que "realmente mostram o quanto ainda existe para descobrir e como o sítio arqueológico é grande". "Na sua época, Stonehenge estava no centro de um grande centro cerimonial na Europa", disse o pesquisador. Acredita-se que o monumento de pedra de Stonehenge tenha sido completado há cerca de 3,5 mil anos, embora existam vestígios de que o local era usado há 5 mil anos.

O arqueólogo da Universidade de Birmingham, Henry Chapman, disse estar convencido de que os postes eram fixados em pequenos buracos, e que estes "possivelmente tinham três ou mais metros" de altura, circulando o monumento de pedra de Stonehenge, a uma distância de apenas 900 metros. Chapman diz que o possível monumento gêmeo de Stonehenge deveria ter um uso religioso correspondente ao monumento central de pedra.

Tudo o que sabemos sobre:
StonehengedescobertaInglaterra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.