Equipe vai procurar corpo do milionário Steve Fossett

Um grupo de dez atletas de elite e especialistas em escalada tentará fazer o que aviões e satélites não conseguiram: encontrar o corpo de Steve Fossett. O multimilionário foi declarado legalmente morto em fevereiro, cinco meses após ter sido visto pela última vez, decolando de um avião de um remoto rancho em Nevada. A equipe de busca concentrará os esforços em áreas remotas e cheias de vegetação, perto do local em que Fossett, de 63 anos, foi visto pela última vez. O milionário aventureiro partiu de um rancho de propriedade do magnata dos hotéis Barron Hilton, no dia 3 de setembro, para o que seria um rápido vôo de entretenimento. O grupo que realizará as buscas é chefiado pelo geólogo Simon Donato, também envolvido em corridas de aventura. A área em que estaria Fossett é tão inóspita que, para algumas pessoas, uma busca contínua na área não deve trazer resultados satisfatórios. Em alguns casos, o resgate de corpos de pessoas que morreram na área levou décadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.