AFP PHOTO
AFP PHOTO

Equipes de busca encontram caixa-preta de voo da EgyptAir que caiu no Mediterrâneo

Peça foi encontrada ‘em pedaços’, segundo comunicado do comitê de investigação egípcio, mas pesquisadores conseguiram recuperar a unidade de memória do aparelho

O Estado de S. Paulo

16 Junho 2016 | 11h01

CAIRO - Equipes de buscas encontraram nesta quinta-feira, 16, uma das caixas-pretas do voo MS-804 da companhia aérea EgyptAir, que caiu no Mar Mediterrâneo em maio com 66 pessoas a bordo, informou um comitê de investigação egípcio em nota. Contudo, autoridades dizem que ela foi encontrada danificada.

O gravador de voz que registra as conversas na cabine “foi encontrado em pedaços”. Contudo, pesquisadores conseguiram recuperar a unidade de memória do aparelho, disse o comitê em nota. “O equipamento da embarcação conseguiu salvar a parte que contém a unidade de memória, considerada a parte mais importante do aparelho de gravação”, afirmou.

Um promotor público do Egito foi informado da descoberta e ordenou que a peça recuperada seja entregue à equipe de investigação egípcia para análise. O aparelho será levado para a cidade de Alexandria, onde investigadores aguardam para analisá-la.

Na quarta-feira, equipes de busca encontraram novos destroços da aeronave, o que permitirá desenhar um mapa dos principais lugares onde ainda há fragmentos.

De acordo com o comitê de investigação egípcio, o navio "John Lethbridge" da empresa francesa Deep Ocean Search, identificou vários lugares com fragmentos. Com base nesses locais, a equipe de pesquisa e os investigadores a bordo do navio vão desenhar "um mapa dos pontos de distribuição de destroços", disse a nota.

Os membros da comissão de inquérito se reuniram para estudar minuciosamente as ações realizadas no último período e planejar os próximos passos. /Reuters, AFP e EFE

Veja abaixo: Avião da EgyptAir cai no Mediterrâneo com 66 pessoas a bordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.