Equipes de resgate buscam por sobreviventes na Nova Zelândia

Terremoto de magnitude 6,3 atingiu a cidade de Christchurch nesta terça-feira, deixando ao menos 65 mortos.

BBC Brasil, BBC

22 de fevereiro de 2011 | 08h00

Pelo menos 65 pessoas morreram nesta terça-feira após um terremoto de magnitude 6,3 que atingiu a cidade de Christchurch, na Nova Zelândia.

O tremor, registrado às 12h51 (20h51 de segunda-feira em Brasília), teve seu epicentro a apenas dez quilômetros a sudeste da cidade.

Os danos provocados pelo terremoto são muito piores do que aqueles causados por um tremor de magnitude 7,1 registrado em setembro.

Desde setembro, a cidade vinha sendo atingida por vários tremores secundários.

Acredita-se que ao menos 200 pessoas estejam presas nos escombros.

O governo local decretou estado de emergência.

A Catedral de Christchurch, construção de pedra que é um dos símbolos da cidade, foi parcialmente destruída, com parte de sua torre desabada sobre a praça em frente.

A Nova Zelândia está ao sul do chamado Círculo de Fogo do Pacífico, acima de uma área da crosta terrestre na qual a placa tectônica do Pacífico se encontra com a placa indo-australiana.

O país registra cerca de 14 mil tremores ao ano, dos quais somente cerca de 20 em média com magnitude superior a 5.

O último terremoto com mortes no país havia sido em 1968, quando um tremor de magnitude 7,1 deixou três mortos na costa oeste.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.