Equipes de resgate encontram 15 corpos em mina chinesa

Equipes de resgate encontraram os corpos de 15 pessoas há oito dias em uma mina da província de Guizhou (centro da China), informou neste domingo a agência oficial "Xinhua". Outros três mineiros continuam soterrados na mesma instalação, a mina de carvão Pianpoyuan, no distrito de Ziyun (habitado pelas minorias étnicas Miao e Buyi).O acidente, que ainda sendo investigado, ocorreu no dia 15 de julho, quando 31 pessoas trabalhavam no interior da mina. A mina de Pianpoyuan é administrada por uma empresa privada e tem capacidade para produzir aproximadamente 30 mil toneladas de carvão.Em menos de 10 dias, foram registrados cinco acidentes graves nas minas de carvão chinesas, matando cerca de 85 trabalhadores. Nas minas da China, as mais perigosas do mundo, morrem a cada ano aproximadamente oito mil trabalhadores. Embora Pequim tente implantar medidas para diminuir o número de mortes nas minas do país, a falta de medidas de segurança, além das longas jornadas de trabalho, impedem que o número de vítimas seja reduzido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.