Erupção de vulcão na Indonésia deixa ao menos 18 mortos

País também foi atingido por terremoto e tsunami que deixou 113 mortos; número deve aumentar

Efe

26 de outubro de 2010 | 15h49

Médicos recebem ferido após Merapi entrar em erupção.

 

JACARTA - Ao menos 18 pessoas morreram nesta terça-feira, 26, por conta de ferimentos causados pela erupção do vulcão Merapi, situado na ilha de Java, na Indonésia, informaram fontes oficiais locais.

 

Veja também:

linkChega a 113 o número de mortos por tsunami

mais imagens Fotos do vulcão Merapi na Indonésia

 

Policiais e voluntários foram mostrados no canal local Metro TV retirando ao menos 14 corpos cobertos de cinzas e os carregando para veículos.

 

Além disso, um bebê de três meses morreu vítima de um grave problema respiratório causado pela inalação de cinzas.

 

Três pessoas morreram devido a queimaduras graves após terem sido atingidas por uma nuvem de cinzas, de acordo com Agustinus Parjo, porta-voz do hospital Panti Nugroho, onde elas deram entrada.

 

Pelo menos outros nove idosos foram internados com problemas respiratórios e o restante com queimaduras, informou o centro médico.

 

No começo da noite em Java, militares, agentes policiais e funcionários civis protegidos por máscaras brancas continuaram com o processo de evacuação em caminhões do Exército e caminhonetes. A Cruz Vermelha Indonésia distribuiu cobertores, plásticos e tendas nos centros de acolhimento que foram organizados na região do vulcão.

 

Na segunda, o governo começou a evacuar 40 mil pessoas para estabelecer um raio de segurança de dez quilômetros em torno da cratera da montanha, de 2.914 quilômetros de altura. Os serviços de resgate têm como prioridade crianças, mulheres e idosos, além dos camponeses que se recusam a abandonar os cultivos.

 

Ao longo do fim de semana, a atividade do Merapi aumentou até superar 500 explosões diárias e quase 200 pequenas erupções de lava por dia.

 

Há quatro anos, quando o Merapi explodiu pela última vez, duas pessoas morreram. A cidade de Yogyakarta sofreu um terremoto e ficou envolvida em uma nuvem de cinzas e gases.

 

A Indonésia fica situada sobre o chamado círculo de fogo do Pacífico, uma região de grande atividade sísmica, onde cerca de 129 dos mais de 400 vulcões estão ativos.   

 

Atualizado às 20h10

 

Tudo o que sabemos sobre:
Indonésiavulcão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.