Erupção de vulcão no Japão deixa 11 feridos

Um vulcão entrou em erupção na região central do Japão neste sábado, pegando alpinistas de surpresa. O incidente deixou mais de 250 pessoas presas e, pelo menos, 11 ficaram feridas.

AE, Estadão Conteúdo

27 de setembro de 2014 | 08h29

Com um som comparado a um trovão, o Monte Ontake entrou em erupção pouco antes do meio-dia (do horário local), expelindo grandes blocos brancos de cinzas para o céu.

O incidente levou os moradores a fugirem da região montanhosa, no entanto mais de 250 ficaram presas, tendo em vista que grande parte das rotas de fuga ficaram cheias de cinzas e detritos, disse o oficial de gestão de crises de Nagano, Minoru Kashiwabara. Onze pessoas ficaram feridas, incluindo oito em estado grave.

Com 3.067 metros, o Monte Ontake fica na fronteira de Nagano e Gifu, na principal ilha japonesa, de Honshu.

A Agência Meteorológica do Japão elevou o nível de alerta para o Monte Ontake para 3, em uma escala de 1 a 5. A Agência alertou as pessoas para ficarem longe da montanha, ao alegar que as cinzas e outros detritos podem cair em até 4 quilômetros de distância. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
JapãoVulcão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.