Erupção vulcânica provoca fuga de 1 mil na Indonésia

A erupção do vulcão Monte Lokon, que fica na província de Sulawesi, norte da Indonésia, obrigou cerca de 1 mil moradores das vilas Kaskasen e Kinilow a deixarem suas casas. O Monte Lokon, que entrou em erupção nesta semana, tem histórico de explosões violentas. Segundo Warsito, funcionário do setor de desastres, 977 pessoas das duas vilas foram levadas nesta terça-feira para uma escola da cidade de Tomohon.

AE, Agência Estado

12 de julho de 2011 | 16h35

O alerta para o monte Lokon está no nível mais alto desde domingo e, desde então, têm sido registrada pequenas erupções diárias. As autoridades pediram às pessoas que fiquem a pelo menos 3,5 quilômetros do vulcão. O Lokon é um dos 129 vulcões ativos da Indonésia. Sua última erupção aconteceu em 1991 e matou um montanhista suíço, além de obrigar milhares de pessoas a deixar suas casas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
vulcãoIndonésiafuga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.