Escândalos ameaçam carreira de democratas nos EUA

Recentes escândalos podem acabar com as carreiras de dois políticos em ascensão no Partido Democrata. O deputado Anthony Weiner, de Nova York, usou a internet para trocar mensagens picantes com mulheres. Foi pego, mentiu e agora se vê pressionado a renunciar. Weiner era um dos favoritos à sucessão do prefeito de Nova York, em 2013.

AE, Agência Estado

13 de junho de 2011 | 09h49

O prefeito de Washington, Vicent Gray, foi acusado de subornar um concorrente na eleição municipal de 2010 e está sob investigação da Câmara dos Vereadores. Ele seria candidato natural à reeleição, em 2014.

A repercussão dos dois casos reiterou a intolerância dos Estados Unidos aos escândalos sexuais e às manobras ilegais, sobretudo quando envolvem cargos e recursos públicos. Apesar de ambos os políticos envolvidos serem democratas, os casos não chegam a macular a imagem do presidente Barack Obama. Mas podem virar munição para a oposição republicana na corrida presidencial de 2012 - em especial, se os dois saírem ilesos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAescândalosdemocratas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.