Escolas internacionais são fechadas na Indonésia após ameaça

As principais escolas internacionais estabelecidas em Jacarta permaneceram fechadas nesta segunda-feira em meio a relatos de que poderiam ser alvo de ataques de militantes da rede extremista Al-Qaeda que estão por trás do atentado de 12 de outubro em Bali.A polícia alega não ter sido informada sobre detalhes da ameaça, recebida na sexta-feira e que estaria direcionada a diversas escolas de Jacarta patrocinadas por embaixadas estrangeiras.O jornal norte-americano The New York Times informou que membros da Al-Qaeda supostamente responsáveis pelos atentados de 12 de outubro estariam por trás das recentes ameaças.Citando fontes ocidentais e indonésias não identificadas, a reportagem diz que o complô foi descoberto nos últimos dias e tem como base relatórios de serviços secretos ocidentais.As embaixadas de Estados Unidos e Austrália revelaram ter recebido na última sexta-feira "informações dignas de crédito" de que as escolas freqüentadas por alunos estrangeiros poderiam ser alvo de atentados.As três principais escolas para estrangeiros na cidade ficaram fechadas hoje. Seus diretores planejam se reunir amanhã à noite para decidir quando reabrir.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.