Escritores israelenses colhem azeitonas para palestinos

Em um insólito protesto político, alguns dos mais reconhecidos escritores israelenses trabalharam hoje na colheita de azeitonas junto a agricultores palestinos, que muitas vezes são atacados por colonos judeus. Escritores como Amos Oz, David Grossman, Abraham B. Yhoshua e Meir Shalev viajaram em um ônibus blindado de Tel Aviv à localidade de Yanun, Cisjordânia, onde realizaram o protesto, que contou com o apoio do grupo "Paz Agora"."Uma terrível injustiça foi cometida aqui", afirmou Oz ao chegar em Yanun, referindo-se ao abandono generalizado de seus habitantes, cansados de ser atacados por colonos judeus. Segundo Oz, vários intelectuais israelenses ficaram indignados com a impressionante onda de violência nos campos palestinos nas últimas semanas. Em quase todos os casos, as vítimas eram os agricultores palestinos e os atacantes, colonos judeus de assentamentos vizinhos.Os episódios mais dramáticos ocorreram no último dia 6, quando o agricultor palestino Hani Bani Manyah foi morto em Aqraba por disparos de colonos, e no dia 17, quando, em circunstâncias parecidas, foi morto outro palestino, Farid Nassara.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.